Google+ Badge

segunda-feira, 19 de junho de 2017

E tudo teve um fim...

Vou chegar de mansinho, mas ao mesmo tempo metendo o pé na porta...
Trago não tão boas novas, mas talvez seja...ainda não sei...muito confusa no momento kkk
Ainda essa semana venho escrever do Valentim que está com 2 anos, completados no dia 22/05...porém hoje venho dizer que acabou...
...Acabou a paciência,
acabou o respeito, acabou o companheirismo, acabou a parceria,
...foi-se embora o amor...
...acabou a união, acabou a confiança...acabou a vontade de seguir em frente..
acabou a força, acabou tudo o que tínhamos de bom, diante de tantos acontecimentos ruins, tantos, mas tantooooossss...nesses últimos anos...(desde o planejamento da gravidez) e que praticamente nada relatei aqui...eu não aguentei e resolvi seguir sozinha...
Sim...me separei..
É uma barra? é...saio muito machucada dessa relação? saio.
Saio com dívidas, saio destruída, saio desacreditada, arrasada, mas saio viva...viva como nunca estive, porque agora sou eu e ele...PRECISO ser forte por ele, preciso viver por ele, fazer por ele...
Quem estiver no mesmo barco e quiser dar um help aí...estou a disposição...
Estou sendo muito julgada pela atitude que tomei, mas eu pelo contrário me orgulho da mulher de coragem que eu sou...que abri mão de tudo o que não estava me fazendo bem, e consequentemente faria mal ao meu filho...pra tentar ser verdadeiramente feliz...
Faz muito tempo muito tempo que a minha relação com meu ex-marido não estava tão bem...piorou depois que engravidei, depois de uma reforma que fizemos em casa, por questões financeiras, mas o pior de todas, por traição quando eu ainda estava grávida, e por mentiras...muitas mentiras...muuuuitas mentiras! 
Se estou bem? Estou indo...afinal de contas eu não me casei pra me separar, eu não planejei meu filho para ficar sem pai presente...sem estar com a família completa, não...é claro que não...mas acho que só estou colhendo os frutos do que esse plantio já tinha me apresentado a muito tempo atrás e eu não quis acreditar, eu não quis enxergar...Nestes últimos dois anos foram diversas tentativas de darmos certo, relevei muita coisa, aceitei muita coisa para n estressar meu filho que era bem pequeno, avisei...avisei...dei chances..conversei...mas foi tão sério que acabou junto o sentimento.,,Tenho sim muito carinho por ele, pelo pai que é, pelo marido que foi...mas pra mim essa história chega ao fim.