Google+ Badge

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

BC - Papeando com "azamigas" Os valores que quero passar para o meu filho

Bom diaaaaa,
o tema de hoje foi escolhido pela Evelyn do blog Enquanto te Esperava, e eu adorei!
Achei super interessante poder escrever sobre isso e conhecer as opiniões das outras blogueiras! 

Minha criação foi muito solta, apesar de meu pai ter sido rígido comigo, ou "tentado" ser, minha mãe foi bem liberal e graças ao bom Deus, eles não tiveram muito trabalho comigo, pelo menos é o que me diziam, pois lembrar mesmo, lembro pouco!
Eles sempre me apoiaram, me incentivaram e me instruíram para seguir pelo caminho do estudo, me ensinaram a respeitar os mais velhos, a ser educada, a agradecer, a pedir desculpas, a ajudar a quem precisasse, como oferecer para levar as sacolas pesadas, dar lugar no ônibus a alguém mais necessitado, aos idosos...enfim...coisas que acredito terem sido passadas para a maioria das pessoas...porém, eu nunca fui muito cobrada, trabalhada para tal, e por isso acho que tiveram sorte, por eu ter escolhido o caminho do bem sem terem feito muitos esforços...Se bem que eu lembro do meu pai me dando umas belas xingadas por eu ter agido assim, ou assado e ele não ter gostado kkk.
Agora aqui a coisa será diferente, claro que iremos ensinar todos estes valores, e outros que vou citar, mas aqui (olha eu cuspindo pro alto) vamos acompanhar de perto, já conversamos muito sobre isso, antes mesmo de pensar em ter filhos, pois coisa que abominamos é ver o modo que algumas crianças são criadas hoje em dia, ou mal criadas não é?!    
Pois bem...pretendemos, queremos e iremos passar os seguintes valores...não necessariamente nessa mesma ordem hehe.

"Respeitar a TUDO e a TODOS acima de qualquer coisa, independente de idade, parentesco, opinião, ocasião, se bicho, se gente, se coisas, e se fazer respeitado" 

"Ensinar sobre a existência de Deus, explicar que ele é o criador de todo o universo e que só estamos aqui graças a ele, que a ele devemos agradecer a cada amanhecer, a cada anoitecer, pela oportunidade da vida, pela família, pela saúde e por tudo o que ele nos deu"

"Ensinar o valor que tem o trabalho da mamãe, do papai e de todos os esforços que faremos por ele, valorizar a luta diária pela sobrevivência, conforto e bem estar, mostrando que a vida não é fácil já desde cedo, que é preciso e que é possível guardar o pouco que tem, para depois, talvez ter muito!"

"Ensinar a conviver com o não, com as portas fechadas, com os tropeços da caminhada, ensinar que é possível se reerguer e seguir em frente sem drama"

"Ensinar a ser solidário, a participar através do nosso próprio exemplo de campanhas que ajudem ao próximo, ou ao menos fazer sempre que possível algo por alguém, ter uma palavra amiga, uma mão estendida, um abraço, doar aquilo que já não precise mais e que isso começa dentro do próprio lar"

"Ensinar a olhar os bichos com ternura, reconhecendo-os como uma vida que são, tratá-los bem, não ter medo, conhecer sobre eles, amá-los e como no início foi dito, respeitá-los!

"Ensinar a não ter pré-conceitos sobre nada, mostrar desde pequeno que somos uma mistura de classes, de religiões, de crenças, de cores, de condições físicas, de preferências etc... mas que no fim somos todos iguais e ao mesmo tempo diferentes! E que nem por isso temos que ter conceitos pré-estabelecidos por aquilo ou por alguém."

"Ensinar bem ensinado aquilo que temos como o básico, mas que falta em muita gente, EDUCAÇÃO!!! 
Oi, Olá, bom dia, boa tarde, boa noite, tudo bem?, posso ir?, posso pegar?, posso brincar?, posso ver?, quer ajuda?, me ajuda?, por favor, com licença, obrigado(a), desculpa....e por aí vai."

"Ensinar que TUDO aquilo que vai, um dia vai voltar, seja da mesma forma, seja de uma forma que ele nem perceba, mas vai voltar, então que procure sempre fazer o bem e não julgar os fatos e as pessoas como certas ou erradas."

"Ensinar que é com a família que o ama onde ele irá encontrar apoio, incentivo, que só através do diálogo e das boas argumentações é que ele mostrará o quanto fazer ou ter aquilo será importante pra ele"

"Ensinar que é em casa que ele encontrará o carinho e o amor que ele merece e que nada nem nenhum acontecimento em sua vida irá justificar procurar isso em outro lugar, ou de outra forma"

"Mostrar que só o estudo irá levá-lo a algum lugar, estudar de verdade, se entregar, crescer aprendendo pra que numa fase futura possa se virar na vida, ter emprego, ter conhecimento, ter profissão, reconhecimento"

"Ensinar que o material vai embora, quebra, acaba e o que fica é o bem que a gente faz, por tanto ensinaremos que dividir é bom, é necessário e que mais necessário ainda é o que a gente faz de belo nessa vida!"

"Ensinar a entender sobre a política, a lutar pelos direitos dele, a ser um cidadão do bem"

"Ensinar outras coisas tidas como básicas, como ter paciência, ser perseverante, ser tolerante, ter bom senso, manter o equilíbrio em variadas situações, ter calma, não se envolver em fofocas, ser discreto, ter cautela, ter bons princípios, ser honesto, vixi, são tantas coisas...."

Meninas eu poderia escrever sobre muitos outros valores que quero passar aos meus filhos, mas estes já estão de bom tamanho, se eu continuar, o post ficará gigante!
Conforme for lendo e me identificando com algo mais que alguém colocar, eu vou comentando!!!

Espero que tenham gostado! Beijão.

28 comentários:

  1. Oi Fê, é você será uma mãe exigente rsrs, lá em casa a gente sempre conversa sobre educação, é um foco muito presente, já que tenho uma enteadinha, claro a filha do maridão ao qual encontramos uma enorme divergência de criação/educação da casa do pai para a casa mãe. Assino cada ponto que você descreveu, com fé em Deus conseguiremos colocar em praticas e ser mamãe de cidadães de bem, o engraçado é de temos como base literalmente a criação que recebemos de nossos pais, eu também fui uma criança que não dei um pingo de trabalho, por este motivo acaba tendo convicção de que a linha de criação tem que ser esta, acompanhar de perto, ser exigente, dialogar muito, educar é um ato de amor, fechar os olhos só vai machucar ainda mais nossas crias futuramente. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Nise...levamos adiante aquela educação da qual tiramos pontos positivos, e sim, diálogo é a base de tudo sempre!!!
      bjks e obrigada por comentar!

      Excluir
  2. Oi Fê eu tbm tenho altas expectativas sobre educação tomara que deem certo tbm

    Bjoos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dayanne vai dar sim, é preciso ser perseverante, e ter muita paciência...mas se passares pelas barreiras do início, tenho certeza que conseguirá, e será cada vez mais fácil através do exemplo!

      bjks e obrigada pelo teu comentário!

      Excluir
  3. É como vc disse Fê, e tomara que eu tbm não cuspa para o alto!!! Mas a criação que vejo nas crianças hoje em dia é malcriação mesmo, desrespeito aos idosos, aos próprios pais, recebem tudo de mão beijada, e não valorizam nada, tudo é descartável!!!!
    Adorei sua postagem!!
    bjsss
    http://agoraeuquerosermae.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dani, isso me dá nos nervos, só que essa coisa de desrespeitar pode até não ter sido ensinado pelos pais, pois acho eu que nenhum pai irá ensinar desrespeito, porém são nas atitudes que eles aprendem e aí, será que esses pais, possuem atitudes de respeito um com outro, e com as demais pessoas? É complicado...
      E outra, e aquelas mães que estão vendo as coisas erradas e ficam com aquela cara de paisagem, tipo, tô nem aí...nossa, me dá uma gastura kkkk
      muito bom o que levantou...obrigada por participar aqui do meu cantinho.
      Bjks

      Excluir
  4. Uauuuu adorei seu post, acredita que não consegui colocar "no papel" o que quero passar pros meus filhos?! afffff
    Gostei muito, to quase dando um ctrl+c ctrl+v kkkkkkkkkkk parabéns por ter conseguido escrever tudo.
    Bjus Mima!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mima, não foi fácil pra mim não....
      Mas depois que saiu eu comecei a escrever a escrever a escrever ...kkkkk
      Eu só consegui desenvolver algo, quando comecei do começo, a pensar em quais valores eu havia aprendido com os meus pais...enfim...aí está...
      bjks e obrigada!!! S2

      Excluir
  5. As cuspidas para cima são algo recorrente, né!
    Também tenho receio de idealizar muitas coisas e sentir o cuspe na testa mais tarde.
    Já reparou em como os valores que queremos passar tem muito a ver com a nossa criação, inevitável né!
    Bjinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem muito a ver sim Tami, mas muitas vezes gostaríamos que os nossos pais tivessem feito isso ou aquilo de diferente, e com o passar dos anos e a idade adulta, vamos acrescentando mais coisas que talvez tenhamos aprendido com o tempo, com as vivências... e não com os pais propriamente...
      Mas o importante é passar aquilo que você pode dar de exemplo, se não, fica difícil!!!
      Beijão e obrigada pelo comentário!!!

      Excluir
  6. Oi Fe.
    Gostei muito da sua lista.
    Eu sou muito rigorosa com o meu filho. Muito mesmo.
    Tem alguns comportamentos que eu acho inadmissíveis em crianças e meu filho está sendo criado pra não ter esse comportamentos. Na vdd , a gente como mãe, só deseja o melhor para nossos filhos e quer que eles deem o melhor de si
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernanda, eu serei bem exigente sim, até onde eu tiver forças!!!
      Não quero dar uma educação rígida e impor estas coisas ao meu ou aos meus filhos, mas quero sim, mostrar aquilo que considero certo e errado, é nossa obrigação orientá-los para o lado bom do caminho, com todas as pedras que ele possa ter!!!
      Serei exigente sim, sou meio sargentona sim...mas como disse...posso estar cuspindo para o alto!!!
      bjks e obrigada pelo teu comentário!

      Excluir
  7. Acho que a frase que se encaixa para mim é "ENÉRGICA" hehehe
    Serei bem enérgica quanto a educação e aos valores que terão enquanto estiverem sob os meus cuidados e do meu marido!

    ResponderExcluir
  8. Adorei o seu post amiga e concordo com muitas coisas.
    Te indiquei para escolher o tema da postagem do dia 10/08.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou!!!
      e obrigada pela escolha!
      bjks

      Excluir
  9. Muito bom o seu texto!!!!
    Concordo com quase tudo!!!

    Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Mamma...palavras, apenas palavras...
      veremos na prática depois!! :)
      Obrigada pelo comentário! bj

      Excluir
  10. É mto importante ja pensarmos nos valores que passaremos aos nossos filhos ne.
    Eu ja educo um e digo que nao é facil...mas nao podemos desistir
    bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Nise, você já passou por essa experiência, ou melhor passará sempre, independente da idade...mas a nossa perseverança sim é muito importante!! bjks e obrigada por comentar!!!

      Excluir
  11. Oi Fê tb acredito q faremos bem nossa parte pq temos muito valores de família, Deus queira q o cuspe não cai na testa kkkk mas se cair estaremos com a consciência tranquila né Bjs

    http://www.futuramommy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Gabi, é tudo que eu menos quero...mas em alguma coisinha ou outra a gente sempre
      dá uma deslizada...faz parte!
      bjk e obrigada por ler o texto!

      Excluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Mais importante que passarmos os valores é conseguirmos tornar nossos filhos pessoas realmente do bem... Adorei seu post, beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Cynthia, acho que isso sim será um grannnnde desafio!
      Obrigada pleo comentário! bjks

      Excluir
  14. clap clap clap clap

    Texto incrível!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uhuu obrigada Evelyn kkkk
      que bom que gostou!
      bjks

      Excluir
  15. Oie Fê passando pra conhecer seu cantinho, ja me indentifiquei o o nome do blog meu sonho tambem é ser mãe biologica , já sou mãe de coração da minha sobrinha que mora conosco, e tudo o que vc citou é o que procuramos ensinar a ela mas nem sempre da certo porque quando ela vai pra casa da mãe dela (minha irma) é muito diferente parece que volta outra pessoa a minha mae meu pai e minha irma nao tem os mesmo valores que eu e meu esposo temos.
    Eu e meu esposo ja conversamamos muito sobre a criação do nosso futuro milagre que com fé em Deus vira no tempo Dele.
    beijinhos se quiser conhecer nosso cantinho la falamos sobre reforma e construção mas agora iremos falar sobre nosso tratamento que estamos fazendo para que nosso milagrinho chegue


    Sonhos de um Casal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal receber tua visita! Será um prazer conhecer o teu cantinho...
      Pois então Vivi, é complicado mesmo, a influência de pessoas adultas que não tem a mesma linha de educação, de outras crianças que infelizmente crescem com o modo de pensar destes pais, e aí, infelizmente não temos como impedir, como mudar isso!
      Uma pena, seria tão bom se todos os adultos, tivessem e mantivessem a mesma paciência, a mesma persistência!
      Um beijo e seja bem vinda!!!

      Excluir

Obrigada por visitar o meu cantinho, ler e comentar sobre o que tenho a dizer!
Beijos de uma mamãe apaixonada!