Google+ Badge

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

BC - Papeando cazamigas - "O que penso sobre a chupeta"

Olá meninas, o tema de hoje foi escolhido por euzinha aqui.

Pois então, eu escolhi este tema porque na verdade eu queria mesmo era saber a opinião "dazamigas" que participam da BC.
Eu me sinto muito confusa em relação a esse assunto...e pelo que já andei lendo de vocês. vejo que para algumas é encarado como algo básico e sem stress, e para outras como algo que é preferível evitar dar!
Eu tenho algumas experiências com a chupeta e eu gostaria de compartilhar, na verdade não são minhas, mas de amigas próximas, familiares e tal...
Primeiro quero dizer o que penso a respeito,
Eu particularmente acho um acessório chato, fica caindo toda hora, daí lava, ou então limpa de qualquer jeito, fica perdendo a todo instante, daí compra outra e para prender tem que usar aquelas presilhas incômodas na roupa do bebê ou então pendurar uma fralda...afff, não gosto de nada disso, mas não julgo quem o faça, e cada um com seu cada qual, é uma opinião super minha, mas não quero ter que aceitar essa dependência sabem? Por outro lado, fico com medo de como vai ser quando eu voltar a trabalhar, pois voltarei em seguida, no sexto mês, tipo, será que o bebê vai ficar na boa sem peitinho e sem bico? Sei lá....
Vou tentar não dar, mas talvez eu tenha uma a mão para quando estiver em público e começar a choradeira que nada acalma ou quando for madrugada, mas e aí depois será que conseguirei tirar? Muito confuso pra mim!
Agora os exemplos...
Conheço uma menina que hoje tem 5 anos e é bico com fraldão pra cima e pra baixo, brinca com o bico, dorme com o bico, acorda com o bico, e não demonstra nenhuma vontade de deixá-lo, dentes tortinhos já.
Conheço uma menina de 3 anos e meio que está conseguindo ficar sem o bico pois quer ganhar uma baby a live no Natal, nem sei se é assim que se escreve.
Conheço dois meninos, um com 2 anos e outro com um pouco mais de três que nunca nunca quiseram bico, a mãe tentava pra ver se largava um pouco o peito e se acalmava, mas eles cuspiam, e queriam têta e mais têta...no primeiro menino a mãe pôde ficar um ano com a criança em casa, então quando foi para a creche foi super tranquilo, no caso do outro, ele mamou no peito até mais de 2 anos.
Conheço um menininho recém nascido que a mãe consegue dar o biquinho só quando ele está para dormir, ou na madrugada, mas ele não é muito de bico não.

Então com tudo isso fico pensando, a questão do bico, é um vício que a mãe coloca no baby, é uma necessidade, é uma praticidade, é uma questão de costume, é personalidade, pode sobreviver tranquilamente sem? Não pode?
Essas são dúvidas que seguirão aqui na caixolinha, e que pelo visto terei de descobrir na prática, no instinto!!

Um beijooooo grandeeeeee


14 comentários:

  1. Pois é Fê...tem coisas que só a prática pra ensinar...Não podemos dizer que não...assim tão radical...Pq mãe cospe muito pra cima...kkkkkkk
    Fico em cima do muro tbm.
    Bjss
    http://agoraeuquerosermae.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Complicado né?! Acho que só na prática mesmo... e cuspir pra cima, acho que será meu esporte mais praticado kkkk
      bjks Daniii

      Excluir
  2. Muitas mães oferecem por vaidade sim e acaba botando vício na criança, eu não concordo com isso. Se for pra usar por necessidade eu usarei sem problemas, mas por vaidade não..

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Bruna, penso assim também, mas só na hora pra saber né?!
      Tomara que os babys sejam calminhos!
      Grande beijo

      Excluir
  3. Sinceramente eu acho chupeta coisa de mãe preguiçosa #prontofalei
    Haha
    Meu filho usou por menos de 7 dias, pq meu seio estava rachado, eu apelei pro NAN e ele tinha MUITAnecessidade de sucção.
    #cuspipracima e caiu na testa.
    Mas não gosto, acho feio e desnecessário.
    Mas enfim. Como vc mesma disse, cada um com seu cada qual.
    Cada mãe sabe oq é o melhor pro seu filho.
    Beijos

    Super parabéns pelo seu positivo Lindão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadaaaaaa,
      Fernanda pode ser coisa de mãe que não tem muita paciência, não tem muito tempo e tbm
      a criança ser realmente muito nervosa, muito agitada, enfim...
      Não vamos cuspir para o alto kkkk
      bjks e obrigada

      Excluir
    2. Tbm tem tudo isso que vc falou, mas vendo os exemplos que tenho perto de mim, é essa a impressão que dá. Uma conhecida, muito intima, falou pra mim que dava a chupeta, pq a criança mamava demais, outra pq ela "nao tinha tempo de ficar com criança no peito " , mas enfim.
      Cada mãe sabe oq é melhor.
      Tem mães que necessitam realmente, igual sua amiga aqui de baixo.

      Excluir
  4. Oi flor td bem?
    Vou te dar o meu 'testemunho' por assim dizer..Não sei se chegou no meu blog na epoca em que minha bebeb, nascida de 26 semanas com 830 gramas enfrentou e lutou pela vida na uti. Pois foi bem assim, dia a dia lutas diarias...Ela foi submetida a inumeros procedimentos extremamente invasivos, doloridos, alguns pela delicadeza de procedimento necessitou ate de sedação total. Veja bem, uma bebe com 830 gramas. que não tinha nem a pele formada ainda, que sequer pude pegar no colo. Dai que eu, mae de anjo pois havia perdido minha primeira filha, e nem com isso aprendi que, ha certas coisa que só se entendem na necessidade e pratica delas ou qd vc tem a visão ampla da coisa....Foi dai que tomei um tapa na cara. Dizia q qd tivesse filhos esses jamais usariam chupeta....Perdi minha primeira filha antes de poder viver disso com ela..Dai veio essa segunda benção de Deus na minha vida, a uti e a chupeta , sim a tão falada chupeta. No hospital em que ficamos (o melhor e mais qualificado de toda a america latina) eles importam uma chupeta especifica da alemnha para prematuros extremos e bebes que ali se encontram. só ue a de prematuro extremo é cara tb ao extremo e como lá dizem: vale ouro. Tanto pelo preço do produto, qt pelo desempenho que provoca: um bebe calmo, como se estivesse recebendo um afago, e que dia a dia aprende pela chupeta a melhorar a sucção. Opinião minha? Não..fiquei foi de queixo caido e cuspe na testa rs se é que me entende, qda especialista em pediatria dra Filomena do St Joana me explicou isso juntamente com a dra Tieme. Um be ecomo esse especial que esta respirando com a ajuda aparelhos além de ter em sue corpinho tantos outros aparelhos ele fique como que aliviado com a chupetinha (que é um pitico de tamanho)....Vi esse resultado de tranquilidade na minha filhota, e em mtos babyes de uti....E mtas maes como eu,que antes era contra chupeta choraram de emocao ao ver o filho além de aprendendo algo novo que no caso deles é o treino da sucção com a chupeta, a chupar uma chupetinha e sentir-se mais acalmado ja que não podemos pega-lo no colo ate certo tempo. Claro que num bebe comum se caso esse não pegasse chupeta eu não tentaria dar a não ser que se fizesse necessario (fator tranquilizado como o que ocorre com a teta rs). mas a casos e casos, e o tempo pra se tirar a chupeta. Devemos respietar o que bebe "vier a necessitar"...enfim, é isso. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eliane, nossa, que história, emocionante tudo isso, com certeza você tem razão, a casos e casos, e eles devem ser respeitados sim!
      E com certeza se for necessário também usarei, se for também uma criança extremamente nervosa que o carinho que eu tenho para dar não o acalme tbm usarei, e assim vamos...descobrindo aos poucos aquilo que funciona melhor!
      Obrigada pelo teu comentário!
      Abraço!

      Excluir
  5. Fêêê parabéééééééns de novo amiga, Deus abençoe vc e seu bebê <3
    Eu penso q cada mãe sabe o q é melhor para seu filho e isso inclui a chupeta, acredito tb q a chupeta tem 2 lados o bom e o ruim, mas q só saberemos na prática...bjs

    http://futuramommy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, como tudo na vida né? Tudo tem dois lados, aí só na pele pra saber o que fazer!
      Obrigada Gabi!
      Beijão.

      Excluir
  6. Eu acho q a gente só sabe qd acontever. Aquela crianca berrando. Vc cansada. Estressada. Td q quer e q o bebê pegue a chupeta. Convenhamos... essa é a realidade hehehe

    Www.umamenina.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem sempre é a realidade, vamos torcer para que os nossos sejam calminhos e que não seja tão estressante assim, bebê irritado, ou chorando, deve estar com algum outro probleminha incomodando...mas só na prática do dia a dia mesmo!
      beijos e obrigada!

      Excluir

Obrigada por visitar o meu cantinho, ler e comentar sobre o que tenho a dizer!
Beijos de uma mamãe apaixonada!