Google+ Badge

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

BC-Papeando com "Azamigas" -Você acha que será super protetora?

Oi meninas, hoje é dia de BC e quem escolheu foi a Ni Rocha, ela colocou como tema "Você acha que será super protetora?

Eu acho que serei protetora, mas não super, vejamos alguns tipos de proteção...
Exemplo 1: Super proteção de estar rodeando a criança para que nada o machuque, não, definitivamente não serei assim, vou ter claro, o cuidado para que meu filho(a) esteja brincando em um lugar seguro, que não ofereça riscos "graves", mas do resto, deixa cair, deixa machucar, deixa aprender a se levantar, faz parte do crescimento, do amadurecimento e qualquer coisa estarei por perto para acudir se for algo mais grave, óbvio que aquele olhinho esticado sempre vai ter né meninas, mas nada de sair correndo para evitar as "coisas" não, isso não...
Exemplo 2: Quando a criança já for maior, vamos supor aquela idade que acha que já se governa, tipo pré-adolescência, eu como mãe vou explicar...vou falar sobre um casaco que precisa ser levado, pois vai esfriar, se ele(a) não quiser levar, se ele(a) não me ouvir, azar é o dele(a), se não passar frio ótimo, se passar é bom pra aprender a obedecer.
Exemplo 3: Brigou na escola, ou está sendo acusado de algo, jamais vou tomar a dor imediatamente pelo meu fedelho(a), vou SEMPRE querer saber a história direitinho, pra depois conseguir julgar e tomar as medidas cabíveis.
Não serei aquela mãe que passa a mão na cabeça não...
Acho que super proteção "estraga" a criança, faz ela achar que sempre que ela precisar, a mãe vai estar ali, faz ela pensar que nada no mundo poderá acontecer com ela porque a mãe não vai deixar, faz ela crescer achando que tudo é muito fácil, tudo é muito barbada.
Não julgo quem seja, apenas penso desta forma e farei de tudo para ser do jeito que coloquei, não gosto de criança cheia de frescura, e com meus filhos não será diferente!
Dê-lhe cuspir pra cima! kkkk
Muito bom o assunto, adorei.
Um beijo meninas!

8 comentários:

  1. Ninguém quer ser super protetora ao extremo né !!
    Tomara que esse cuspi não caia em nossas testas ... kkkkkk'

    Bjs!

    http://deliriosdeumamaedeprimeiraviagem.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Da-lhe cuspir pra cima kkkkkk Fê quando eu crescer quero ser igual a você e minha irmã, lendo seu post parece que você estava falando dela, ela é exatamente assim, como você escreveu que quer ser, tomara que esteja no DNA e eu seja um pouquinho assim também kkkkk
    Bjusss
    http://seraquevousermae.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Fê, você resumiu bem não ser super protetora e dar a criança independência, o pior da super proteção é que você não cria apenas um individuo achando que o mundo gira em torno dele, mas quando ele vai viver a propria vida se torna um individuo inseguro. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Fê tb acho q super proteção estraga a criança, ela fica mimada, chatinha... quero ser super protetora na medida certa!!!! bjs

    http://futuramommy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. é mt dificil, acho que temos q nos policiar ainda assim sempre estaremos tentando fazer nosso melhor, nem sempre acertamos. proteção demais é ruim, mas como saber a medida certa né...

    bjs
    www.umamenina.com

    ResponderExcluir
  6. Proteção na medida certa!!!!

    Bjos.

    ResponderExcluir
  7. Mto interessante este tema
    Eu nao sou uma mae super protetora nao...cuido e zelo,mas sempre procuro nao sufocar...e ainda mais que meu filho ja é um adolescente,ne rsrsrs

    bjo

    ResponderExcluir
  8. Esses cuspes que a gente dá...terrível!!
    Tomara que pelo menos nessa área, de não sufocar a criança...que esse cuspe não volte pra nós...kkkkk
    Bjsss
    http://agoraeuquerosermae.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por visitar o meu cantinho, ler e comentar sobre o que tenho a dizer!
Beijos de uma mamãe apaixonada!